O poder de Deus

Afastado do Criador, a criatura é solidão; nEle é solidariedade.

“Afastado do Criador, a criatura é solidão; nEle é solidariedade.

Apartada, é negação e abandono; nEle é comunhão e plenitude.

Distanciado da Fonte, o espírito mergulha no egoísmo; nEla mergulhado, vibra na caridade.

Longe do Pai, o nada; nEle, a força do todo, em tudo.

Desconectado da fé, o espírito vive a insegurança, o medo e a falta. Sustentado na fé, vive a amplidão e o en- cantamento das infinitas possibilidades.

Conectado a Deus, desaparecem o vazio, a falta e o desamparo.

No Pai tudo é síntese, força e sabedoria que conduz a espaços de inspiração, enlevo e ternura.

Abre, pois, teu coração, para o acesso ao essencial, re- conhecendo que o poder está em Deus. Sintonizado com Ele, deixa fluir a intuição sábia que conduzir-te-á ao cum- primento dos deveres com dedicação às soluções criati- vas e inesperadas que te serão inspiradas ao despertar da Fonte, que é vida em ti.

No entanto, lembra-te que Deus em ti é força renova- dora que se expressa por atos genuínos de amor e paz. A adoração ao Pai acima de todas as coisas transcende os cultos ritualísticos, a forma simbólica e estereotipada, configurando-se em uma comunhão plena de espontaneidade, de sentido e de significado, de espiritualidade e de fé.

NEle a fonte; em ti a realização.

NEle a sabedoria; em ti a execução.

NEle a ordenança; em ti a obediência. NEle a vontade; em ti a fidelidade.

Em Deus sois tudo; apartado dEle, nada.”

Dias da Cruz, psicografia de Andrei Moreira (Pílulas de confiança, Ame Editora)

Pílulas de confiança

Da coleção Pílulas diárias, do Espírito Dias da Cruz, psicografia de Andrei Moreira.
adquira já
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Comentar