Presenteie a si mesma e à sua mãe, no coração.

“Datas festivas são sempre tempos de oportunidades renovadas. Nesse dia das mães, ofereça também um presente no coração.

A si mesma(o) se dê o presente de dizer sim à mãe humana, comum e imperfeita, que em sua renúncia pessoal te oportunizou a grandeza de existir. Graças ao sacrifício dela, que colocou a sua própria vida em risco, você existe. Deste ato sagrado veio o essencial. Renunciar às exigências de uma mãe idealizada e acolher a realidade com sua força e beleza traz enorme paz.

A ela, oferte o presente do seu respeito em forma de gratidão que exalta o que é cheio, que agradece o que foi possível, que desiste de ter dó, de salvá-la ou transformá-la e que se alegra em ser a continuidade de sua grandeza na vida. Isso é fruto de uma decisão interior de aceitar seu lugar de pequena(o) e fluir o amor que vem dela. Na força do amor gratidão, nos alegramos com a mãe como ela é e expressamos isso a ela na forma de afeto e cuidado respeitosos.

Quem acolhe a mãe como é, acolhe também a si mesma(o), com amorosidade.

Seja o “sim à mãe” e o “sim à você mesma(o)”, que liberta o amor, o grande presente desse dia.”

Andrei Moreira
@andreimoreira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Comentar

Acessar sua conta

Criar uma conta no site